BLOG

Amigo de CPU é uma Zorra

Da esquerda para a direita: Germano Bona, Anderson Almeida, Saint Clair Lôbo e Patrício Muñoz. Uma prova de que a cerveja veio antes das mídias sociais. Vamos valorizar as amizades!

Da esquerda para a direita: Germano Bona, Anderson Almeida, Saint Clair Lôbo e Patrício Muñoz. Uma prova de que a cerveja veio antes das mídias sociais. Vamos valorizar as amizades!

Preciso desabafar! Os amigos não são os mesmos que empurravam o carrinho de rolimã ladeira abaixo, que disputavam na “gude” quem era o melhor. No baba, a dividida nunca era na bola. Sim, eu era perverso, sempre queria derrubar. Amigo machuca, mas depois alenta, chama para jogar do mesmo jeito, todo quebrado.

Em nossa infância, os meninos disputavam a bola, compartilhavam os brinquedos e ajudavam a vender aquele suco de limão. As meninas brincavam de boneca, e dividiam as suas roupas. Nunca entendi muito bem isso, nas festas, era a camisa de uma, a saia de outra, o vestido da tia. Uma salada de boas intenções e amizades sem filtros.

Os anos se passaram e vivemos no mundo conectado. Quando estamos por traz das telas, não conseguimos avaliar os sentimentos e principalmente, a importância de quem compartilha algo.

Nem tudo é Fake, mas a importância de dar valor ao que o seu amigo compartilha pode virar NEWS. Todos nós, por instinto, buscamos atenção. É da nossa natureza, “somos interesseiros”, como diria o grande terapeuta Jordan Campos, e isso acaba deixando de lado o que verdadeiramente importa, o seu amigo.

Vamos transformar em NEWS aquela publicação do seu amigo que tem empresa e precisa vender, pedir descontos em serviços de amigo é Fake, peça descontos para quem você não conheça, não explore seu amigo, ajude-o a crescer, consumindo e compartilhando seus produtos e serviços, valorize-o.

Seja um disseminador de boas intenções! Mais vale um serviço compartilhado de seu amigo, que um meme sem sentido. Aquela boa intenção pode virar a cerveja de sexta-feira… pense nisso!

Saint Clair, empreendedor e bebedor digital.