BLOG

AMP Stories será implementado nos resultados de busca do Google

Google AMP Stories não possui uma ferramenta para todos os editores.

A AMP Stories foram inspiradas nas Stories do aplicativo do Snapchat como uma novidade e logo foram copiados pelo Instagram, Facebook e por último, o WhatsApp. As Stories utilizam a tela cheia do celular, apresentando fotos e vídeos que podem ser acompanhados por textos. Este formato ganhou muita visibilidade e caiu no gosto popular.

AMP Stories, o anúncio do Google.

Durante a AMP Conf, que aconteceu em Amsterdã, na Holanda, na última terça-feira, a empresa anunciou uma parceria com grandes veículos de comunicação dos EUA como CNN e Washington Post, que terão a missão de testar os Stories nos resultados de pesquisa do Google.

AMP Stories já funciona para todos os usuários?

Não, a novidade ainda está em fase de testes, esses publishers selecionados poderão produzir conteúdos que serão mostrados nos resultados do Google em dispositivos móveis, da mesma forma como já vemos em redes sociais como Snapchat e Facebook.

Porque o nome AMP Stories?

Por utilizar o AMP, ou Accelerated Mobile Pages (páginas aceleradas para dispositivos móveis, em português), o mercado já batizou a nova ferramenta de “AMP Stories”.

As páginas desenvolvidas neste formato, são páginas de sites otimizadas para um carregamento simplificado e quase instantâneo quando acessadas pelo mobile.

Simulação do Google AMP Stories pelo celular.

Confira a apresentação do Google AMP Stories

O projeto Google AMP Stories

Trata-se de uma iniciativa em código aberto de grandes editores de conteúdo e empresas de tecnologia, com o objetivo de melhorar todo o ecossistema de conteúdo para dispositivos móveis.

Assim, o Google AMP Stories aproveitará essa tecnologia para oferecer aos usuários uma experiência rápida, de modo que não precisem esperar o carregamento.

Mas, apesar do anúncio, a novidade ainda se encontra em um estágio bem inicial. Ainda não existe uma ferramenta para criar os Stories do Google, sendo necessário o trabalho de um desenvolvedor. Também não se sabe ainda como o conteúdo será exibido ao usuário. Da mesma forma, não foi anunciado quem poderá publicar conteúdo com a ferramenta.

Até o momento, o formato ainda está separado dos resultados de busca convencionais. Para ver como as AMP Stories funcionam, vá até g.co/ampstories usando o celular e pesquise por publishers como CNN, Mic, SBNation, The Washington Post, Cosmopolitan, Wired, People e Mashable.

A empresa também liberou ferramentas para que desenvolvedores interessados possam criar seus Stories, disponibilizando um tutorial, além da documentação necessária.

E para quem investe em Marketing Digital, qual a importância do Google AMP Stories?

Mesmo que ainda esteja em versão de testes, se você investe em Marketing Digital vale ficar de olho nessa novidade, que representa uma maneira dinâmica de distribuir seus conteúdos. Os Stories têm provado que são um formato que as pessoas gostam de consumir, especialmente os mais jovens.

E você, o que achou da novidade, deixe seu comentário?