BLOG

Low touch: conheça mais sobre a tecnologia “sem toque”

Projetos low touchs em andamento estão ligados a soluções simples para o dia a dia nas empresas

Projetos low touchs em andamento estão ligados a soluções simples para o dia a dia nas empresas

A pandemia do novo Coronavírus tem feito as empresas de tecnologia pensarem em como mudar diversas coisas simples do nosso dia a dia que nos colocam em vulnerabilidade, como, por exemplo, apertar um botão para abrir a cancela do estacionamento em um shopping ou simplesmente “chamar” o elevador do prédio onde você mora. Para que esse tipo de atividade não seja um problema no futuro, tem milhares de pessoas em todo o mundo criando soluções low touch.

Aqui no Brasil, Heitor Salvador, presidente da empresa de segurança corporativa SegurPro, diz que entre os projetos low touchs em andamento estão àqueles ligados a soluções simples, desde a adaptação de antigas câmeras de segurança para medição de distância entre funcionários até a substituição de sistemas de identificação, hoje feitas via impressão digital passarão a ser por reconhecimento facial.

Ainda de acordo com Salvador, as câmaras podem ganhar um software para reconhecer pessoas mesmo quando elas usam máscaras ou ainda disparar um alarme para dispersar as pessoas que estejam aglomeradas. Também há câmeras térmicas, que são capazes de identificar as variações de temperatura e colorir a silhueta do funcionário que esteja com febre.

O futuro caminha para as alternativas low touch. Segundo Salvador, essas novas medidas devem ser adotadas também fora dos ambientes de trabalho, a exemplo do elevador e da cancela já citada. Outro exemplo disso são os totens de pagamento e caixas eletrônicos que devem aderir a nova modalidade.