Autor: Elson Barbosa

WhatsApp no Android terá mesma função do iOS para tornar respostas mais rápidas

O aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp para Android contará com nova funcionalidade para agilizar as respostas de mensagens. Isso porque foi identificado na última versão beta do aplicativo código referente a possibilidade de arrastar para responder a uma conversa.

Há anos o recurso se encontra disponível para iPhone, agora, ao que tudo indica o recurso chegará para plataforma Android. Os códigos foram encontrados na versão 2.18.282 do WhatsApp beta para Android, segundo publicação do WABetaInfo.

No entanto, o recurso ainda encontra-se indisponível para uso, mas funciona da seguinte forma: quando o usuário desejar responder determinada mensagem, basta que arraste o balão da mesma para a direita de maneira rápida, com isso, logo em seguida aparecerá o texto na caixa de mensagem para que a pessoa digite a sua resposta.

Atualmente, o usuário precisa apertar e segurar o texto para então, posteriormente tocar no ícone de responder na parte superior da tela. Ou, fazer a seleção de uma mensagem e tocar na caixa de mensagem para responde-la. Porém, estes métodos são mais demorados em comparação com a possibilidade de arrastar para responder, que deve ser liberada em breve para plataforma Google.

Além disso, uma pequena mudança foi notada na página de informações de grupo na última atualização do WhatsApp beta, onde o aplicativo demonstra somente os dez primeiros participantes e um botão para carregar os demais, e não a lista com todos os membros.

Twitter decide trazer de volta a ordem cronológica na timeline

Uma mudança anunciada pelo Twitter pegou a todos de surpresa nesta segunda-feira (17): quando o usuário desmarcar a opção “mostrar os melhores tweets primeiro”, o Twitter irá automaticamente reverter a timeline para o modo cronológico e sem ação de algoritmos — ou seja, do jeito que o Twitter sempre funcionou até 2016, quando o primeiro algoritmo para a timeline foi introduzido.

Antes dessa mudança, mesmo que você desmarcasse a opção ainda apareciam tuítes recomendados de pessoas que você não seguia, ou tuítes que te informavam quando alguém que você seguia interagia com publicações de outra pessoa.

A empresa alega que já trabalhava com essa possibilidade há algum tempo, e que foi apenas coincidência a novidade ter sido anunciada horas depois de uma thread ter se tornado viral na plataforma, onde a usuária Emma Kinema sugeria métodos para contornar o algoritmo do Twitter. Em pouco tempo a publicação já tinha mais de 15 mil retweets e 40 mil curtidas, o que deixava claro que essa era uma demanda importante para a comunidade da rede social.

Em uma comunicado enviado para o The Verge, a empresa afirma que o algoritmo que mostra os melhores tuítes primeiro ajudou a tornar a plataforma mais relevante, mas que entende a frustração dos usuários que gostariam de algo mais cronológico como era no início, e continuará trabalhando para descobrir uma solução que equilibre ambas necessidades.

Em certo ponto a empresa tem razão: o algoritmo tornou a plataforma mais relevante. Viralizar não se tornou mais tão difícil, já que um bom tuíte não corre mais o risco de ficar perdido num mar de atualizações sem importância. Já por outro lado, às vezes fica difícil usar a rede para acompanhar as últimas notícias quando tudo o que a timeline mostra são tuítes engraçadinhos e retweets de virais.

A empresa afirma que está trabalhando numa solução, e dentro das próximas semanas já será possível trocar facilmente entre os dois tipos de timeline.

Instagram lança atualização que habilita links de compra nos Stories

O Instagram anunciou nesta segunda-feira (17) duas novidades que tornarão a plataforma um lugar ainda mais interessante para lojistas: agora é possível criar posts de vendas de produtos no Stories, enquanto a guia Explorar fica dedicada a canais de lojas e anunciantes.

A atualização permite às marcas uma maior variedade de maneiras de encontrar seu consumidor. Ainda que não se saiba exatamente o quão grande é o comércio dentro da plataforma, mas a atualização marca uma significativa expansão da rede social para a área de e-commerce.

Ao contrário dos até então existentes anúncios via Stories (que eram pagos), agora qualquer empresa poderá fazer postagens no Stories com “selos” que contêm links que levam diretamente à página de compras de produtos. Já a guia Explorar será específica para mostrar ao usuário uma série de produtos e serviços baseados nos interesses pessoais dele.

Para o Instagram, investir em ferramentas para lojistas não é apenas uma forma de aumentar a arrecadação, mas um modo de fazer com que a plataforma se torne de vez algo obrigatório para qualquer tipo de negócio. O crescimento acelerado dos últimos anos fez com que a empresa mudasse o foco no usuário comum para se tornar um app comercial (até mesmo com rumores de que estaria criando um aplicativo próprio para e-commerce).

O objetivo da empresa é fazer com que seus usuários interajam mais com essas empresas — principalmente aqueles pequenos negócios e empreendedores regionais — para quem sabe transformar o Instagram em um competidor real da Amazon. É um plano ousado, mas com a força do Facebook por trás, quem garante que não irá dar certo?

Enquanto isso, a atualização que habilita essas novas funções no Instagram já está disponíveis gratuitamente para 46 países — incluindo o Brasil.

Chrome vai permitir que as pessoas usem suas digitais para fazer login

O Chrome acaba de festejar seu 10º aniversário neste mês. Embora ele não seja mais o navegador super-rápido e leve que fez as pessoas se apaixonarem por ele há uma década, o Google não parou de tentar colocar novos recursos no programa ao longo dos anos.

Em sua versão mais recente do Chrome 70 beta, o Google espera tornar o login em sites um pouco mais fácil, permitindo ao navegador usar o leitor de impressão digital em seu dispositivo Android ou Mac como uma forma de autenticação de dois fatores. Sim, não é exatamente uma maneira completa de se livrar das senhas, mas já é um começo.

Naqueles momentos em que você precisa digitar uma senha ou outro tipo de informação delicada, o Chrome 70 vai também automaticamente deixar o modo de tela cheia sempre que uma página com uma caixa de diálogo aparecer, o que inclui qualquer momento em que um site pede que você digite um endereço, informações de cartão de crédito ou outros prompts de autenticação.

A segunda grande mudança no Chrome 70 beta é uma experiência de teste para a API Shape Detection, do Google, que permite ao Chrome detectar e reconhecer coisas como rostos, códigos de barras e textos dentro de imagens. Isso deve ajudar a melhorar recursos que dependem de OCR (onscreen character recognition, ou “reconhecimento ótico de caracteres”), de forma que você possa transformar mais facilmente uma foto de um documento de texto em um PDF ou simplesmente facilitar o escaneamento de um QR code sem precisar pegar um segundo dispositivo.

Por fim, embora o Google tenha declarado vitória para o HTTPS no Chrome 69 ao remover a tag “Seguro” da barra de URL quando você visita um site que obedeça às regras em relação ao protocolo, se você visitar uma página ainda usando HTTP, o Chrome 70 vai disparar um aviso em vermelho para que você saiba que o site é “Não seguro”.

 

Segredos de marketing em redes sociais que todo profissional deve saber

Para ter uma boa estratégia de divulgação na internet, existem vários segredos de marketing em redes sociais para as empresas que todo bom profissional do ramo deve saber. Nas redes sociais, o número de conteúdos compartilhados cada vez aumenta mais e competir com eles não é fácil.

Marcas que querem receber uma boa atenção devem encontrar maneiras para ter estratégias bem definidas nas mídias sociais. A Agência IMMA, especializada em marketing na internet , vai te ajudar!

Veja agora 3 grandes segredos de marketing em redes sociais

  1. Não existe padrão para o sucesso: não há provas concretas ou alguma fórmula matemática mirabolante para o gerenciamento das redes sociais. Cada empresa possui sua particularidade, um público único e questões específicas que precisam de soluções para trazer audiência. Além disso, plataformas de mídia social estão mudando o tempo inteiro e, com elas, o comportamento dos grupos sociais também. Não existe maneira de obter bons resultados através uma mesma estratégia.
  2. Tenha um plano de conteúdo bem documentado e moldado: para passar do primeiro obstáculo é essencial possuir um plano de marketing de conteúdo. Para que o conteúdo seja eficiente ele deve ser relevante para o seu público, desenvolvendo algum tipo de interação com o material ou com a página. A documentação da estratégia também é fundamental. Uma pesquisa do Content Marketing Institute mostrou que uma estratégia documentada pode dar mais confiança a equipe, porque auxilia na justificativa dos gastos com mídias sociais.
  3. O boca a boca pode ser melhor do que o imaginado: existe a possibilidade de gerar boca a boca para sua marca através das mídias sociais. Isso porque elas costumam impactar clientes, parceiros e funcionários de maneira igual. A construção de relacionamentos com as pessoas é o grande segredo para o sucesso em qualquer tipo de negócio.

Esses foram os segredos de marketing em redes sociais revelados pela Agência IMMA. Quer ter uma empresa responsável pela sua gestão de mídias sociais? Entre em contato e faça um orçamento.

Chrome Beta ativa leitor de digitais e recebe novos recursos para aumentar segurança

Depois de ganhar um novo visual no Windows e em dispositivos móveis, o Chrome acaba de receber uma série de recursos de segurança em sua versão 70, que ainda está em estágio beta. Dentre as novidades temos uma série de novas APIs que focam na privacidade do usuário.

A principal delas permite que o sensor de impressões digitais seja ativo em dispositivos Android e no MacOS como forma de aumentar a segurança em sites que precisem de autenticação. Assim, o Chrome adiciona uma nova camada de segurança para seus usuários.

Outra alteração importante envolve uma mudança para Android e iOS. Agora, o Chrome não apresenta mais informações sobre o número de compilação usada no dispositivo, que fica visível para os sites. Assim, é possível prevenir possíveis ataques externos e riscos para a segurança do usuário.

A atualização está em versão de teste, e pode demorar para chegar ao público

O Chrome também recebeu algumas mudanças em relação aos sites que ainda não usam o protocolo HTTPS. Agora, a caixa de endereços ficará vermelha quando os usuários começarem a digitar informações como login e senha nessas páginas. Essa medida visa chamar a atenção dos desavisados.

Além disso, quando aparecerem caixas de diálogo em alguma página, o Chrome permitirá que o usuário saia automaticamente da tela. Assim, os desenvolvedores acreditam que as pessoas podem pensar um pouco mais antes de inserir qualquer informação em locais que não oferecem segurança adequada.

Por último, foram feitas algumas pequenas alterações em outros pontos do navegador para melhorar a estabilidade do recurso Web Bluetooth e do reconhecimento facial. Vale lembrar que todas as novidades ainda estão em versão beta e podem demorar para chegar ao público.

5 funcionalidades que o Google oferece e talvez você não saiba

O Google é o site de busca mais acessado do mundo. E dentre dele há várias funcionalidades desconhecidas por muitas pessoas.

Procure por imagens com uma imagem

Um dos recursos mais interessantes, e que eu sempre uso, é o de realizar a pesquisa de imagens usando a mesma imagem ou outra visualmente semelhante. Seja para encontrar uma variação com uma resolução maior, ou simplesmente com cores e aspectos semelhantes, tudo vai variar de acordo com o objetivo. Para realizar essa ação, você pode selecionar uma mídia do seu PC e arrastar para a barra de busca no Google imagens, ou realizar o mesmo processo com uma imagem que seja fruto de uma pesquisa dentro do site.

Gerador de gráficos

Desenhar gráficos e saber onde cada dado deve ser inserido não é uma tarefa fácil, mas o “Tio Google” pode de ajudar! Digitando os dados por extenso, o mecanismo de pesquisa consegue realizar a estruturação de um gráfico completo. Por exemplo, se você digitar “sqrt(cos(x))*cos(300x)+sqrt(abs(x))-0.7)*(4-x*x)^0.01,sqrt(6-x^2), -sqrt(6-x^2) from -4.5 to 4.5” (sem as aspas), aparecerá o gráfico com o formato abaixo.

Busca de trabalho

Com o número de desempregado aumentando a cada dia, usar o mecanismo de buscas a seu favor na hora de encontrar um emprego deixou de ser uma opção para se tornar necessidade. Pesquisando por termos específicos, é possível encontrar vagas próximas a sua residência ou na sua área de formação.

Acompanhe esportes e campeonatos

Hoje em dia a nossa vida é tão corrida que, em alguns casos, não dá para ficar 2 ou 3 horas acompanhando o jogo do nosso time de coração ou outros esportes que sempre nos proporcionam entretenimento. Para facilitar o acesso a estatísticas, tabela de classificação e outras informações, o Google agora realiza a transmissão em tempo real de diferentes esportes. Basta pesquisar pela modalidade desejada no momento em que estiver rolando algum jogo e aproveitar essa facilidade.

Lembretes com busca por voz

Uma das funções mais interessantes do Google é a possibilidade de te ajudar a lembrar de tarefas básicas do dia a dia, como comprar o pão quando estiver nas proximidades de uma padaria, ele lembrará do aviso gravado alguns dias, horas ou minutos antes. Vale lembrar que essa pesquisa só funciona no smartphone e será preciso manter o GPS dele ativo para ter o aviso no momento certo!

Exemplo: “Lembre-me de comprar açúcar na próxima vez que estiver em …”

 

 

Segundo dados, empresas que produzem mais de 13 conteúdos mensais têm mais visitantes

Foi lançada a terceira edição da pesquisa Content Trends, pela Rock Content, que confere informações às empresas que investem e procuram alcançar sucesso com otimização de sites e marketing de conteúdo. Para coletar todos os dados, questionários online foram distribuídos entre os dias 2 e 16 de maio de 2017, para 3650 respondentes situados no país. Já o formulário, promovido pelas redes sociais da empresa, foi enviado para 80 mil pessoas.

A maior taxa de participação da pesquisa (cerca de 31%) ficou por conta do segmento de agências de marketing e publicidade. Outras presenças significativas foram dos negócios na área de educação (com 10,3%) e software/cloud/SaaS (com 8,9%).

Empresas que produzem mais de 13 conteúdos mensais recebem mais visitantes

De acordo com dados coletados pela pesquisa, os empreendimentos que publicam mais de 13 conteúdos por mês recebem cerca de 4 vezes mais visitas – média de 125.442 para volume mensal de publicação -, do que os que produzem 12 conteúdos ou menos – média de visitas de 29.670.

Muito se fala sobre a questão da otimização de sites e produção de conteúdo, e muitas dúvidas costumam surgir entre aqueles que estão começando seus investimentos na metodologia. Em diversos casos, não é necessário que haja uma grande quantidade de publicações, mas, independentemente da quantidade, é fundamental pensar na qualidade do material, levando em consideração o público-alvo e procurando não deixá-lo sem conteúdo, além de manter uma frequência definida, mesmo que seja uma vez a cada 15 dias.

Nesse quesito, é totalmente dispensável a publicação de muitos posts e o lançamento de vários materiais por semana, se todo conteúdo não entregar algo de valor para o visitante. Por outro lado, quem produz conteúdos de qualidade pode investir em mais volume, pois trata-se de uma ótima forma de melhorar o tráfego orgânico e alavancar o posicionamento do site no ranking das páginas de pesquisa.

Produzindo conteúdo relevante

Um conteúdo relevante é o ponto principal que deve servir de norte para a produção de material. Os clientes têm acesso a diversos conteúdos o tempo todo, contudo, o que chama a atenção para um material, frente ao do concorrente, é a relevância que ele representa para o público. A principal variável a ser considerada na hora de gerar publicações é a relação com o público-alvo.

Conhecer o público-alvo é chave de entrada para o sucesso

Primeiramente, é preciso traçar quem é a persona, ou seja, o que representa o público ideal, com características e questionamentos que a empresa quer identificar e solucionar. Ao definir a persona, é possível compreender melhor como cada publicação deve se encaixar dentro da estratégia do negócio. Se o que se busca são textos longos, os responsáveis pelo marketing não perderão tempo produzindo conteúdos menores, por exemplo.

Ter essa relação de troca de informações com o público é fundamental para a produção de conteúdo relevante e, por meio de uma persona bem definida, a criação de materiais torna-se muito mais proveitosa e tranquila.

A Consultoria Digital é uma agência que auxilia sites e empresas na hora do investimento em técnicas de Marketing Digital, Marketing de Conteúdo e Otimização de Sites. Por meio de consultoria, é possível estabelecer quais os melhores meios para alcançar o sucesso, considerando as especificidades

Google: Campanhas inteligentes de anúncios chegam ao Brasil

Vimos que no começo do ano a Google liberou uma ferramenta para quem usa o Adsense otimizar os blocos de anúncios em suas páginas, sob a promessa de que isso poderia melhorar o desempenho da conversão de campanhas em uma média de 15%.

Pois bem, foi em junho que uma outra solução visando melhorar a outra ponta dessa comunicação foi anunciada. Disponibilizada inicialmente nos Estados Unidos, as campanhas inteligentes do Google Ads chegaram integrando o uso de machine learning para anunciantes atingirem seus objetivos, principalmente aqueles que trabalham em empresas de pequeno ou médio porte.

Isso porque a plataforma se tornou mais acessível: agora, basta dizer à companhia qual é o seu objetivo com os anúncios, que pode ser receber mais ligações telefônicas, atrair clientes para uma loja física, ou levar consumidores a finalizarem uma compra online.

Com isso determinado, basta escrever o texto da campanha, e determinar o orçamento. Pronto! A Google cuida do resto para você.

Segundo a gigante de buscas, a nova plataforma de propaganda entrega resultados até três vezes melhores. Isso porque o sistema passa a entregar o conteúdo em momentos oportunos, quando o potencial cliente está mais propenso a tomar uma decisão. E como a empresa sabe disso? Bem, ela é a Google.

Os formatos disponíveis seguem sendo os mesmos, podendo mirar a busca textual, vídeos do YouTube, e até o Mapas.

Chegando ao Brasil hoje (12), a novidade já foi testada no Rio Grande do Sul no mês passado: lá, o empreendedor Roberto Rocha conseguiu um aumento de 40% na sua demanda após o uso das campanhas inteligentes em relação à julho, conforme informa a companhia.

O Brasil se junta ao México na estreia do recurso na América Latina.

Vale lembrar, a gigante de buscas tem expandido as possibilidades de anunciantes levarem seus produtos ao consumidor: em maio, começaram a ser vistas propagandas diretamente no Google Feed do Android.

5 formas de ter um conteúdo relevante no Linkedin

O LinkedIn é uma plataforma incrível para encontrar oportunidades de trabalho. Entretanto, você sabia que ele pode ser muito mais do que isso?

A ferramenta, que vem crescendo cada vez mais nos últimos anos, ai além de ser um depositório de vagas. Com o LinkedIn você pode também consolidar a sua marca pessoal, criando e estreitando relacionamentos profissionais.

Se trata, além disso, do local ideal para gerar parcerias e manter contato com colegas de trabalho e empresas. Ou seja, o LinkedIn é uma rede social, mas é muito mais do que isso.

E se você está no LinkedIn em busca de tudo isso, deve estar se perguntando como fazer para alcançar esse público todo. Como ser relevante em suas publicações no LinkedIn é uma pergunta que muitos se fazem. E, acredite, a resposta é bem mais simples do que parece.

Em consequência de sua natureza de viés empresarial, o LinkedIn tem um tom de linguagem corporativo. Isso faz com que o conteúdo postado por lá seja levado mais a sério do que algo postado no Facebook, por exemplo.

Isso quer dizer que o LinkedIn passa uma credibilidade que as outras redes não têm.

Com um perfil otimizado na plataforma, que entrega conteúdo confiável e relevante, você tem mais chances de se comunicar com inúmeras pessoas. Ao levar informação e conhecimento, você pode se firmar como autoridade em determinado assunto. E assim conquistar o patamar profissional que almeja.

É o que você busca? Então continue com a gente e descubra dicas que vão turbinar o conteúdo que você publica em seu perfil!

Aposte nos anúncios do LinkedIn

Em um ponto o LinkedIn é igual às outras redes: ele aceita anúncios e performa bem melhor com eles.

Primeiramente, você precisa entender os anúncios como investimento e não como gasto! Faz parte da estratégia de qualquer empreendedor investir em publicidade. E hoje, a publicidade se faz na internet. Mais precisamente, nas redes sociais.

Logo, nada mais justo do que anunciar nas mídias digitais. Concorda?

Em pesquisa recente, o Hubspot revelou que 87% dos usuários do LinkedIn acreditam que o que é publicado por lá influencia na tomada de decisões de uma empresa.

Então, é importante levar em consideração anunciar seus melhores conteúdos. Assim eles poderão chegar a mais gente e cumprir seu papel.

Falando nisso, você sabe aproveitar todas as funcionalidades do aplicativo do LinkedIn? Clique aqui para ficar por dentro de tudo!

Não seja tímido, fale de si mesmo!

A era da informação mudou a maneira com que vendemos nosso “peixe”. Antes a ideia era deixar que o produto se vendesse por si só, certo?

Pois é, mas hoje as ofertas são tantas que precisamos lembrar constantemente o público do que fazemos e oferecemos.

Desse modo, você não deve ter vergonha de falar de si mesmo. Mostre o que você faz, divulgue seus prêmios e sucessos. Conte as novidades e antecipe para seus seguidores os seus planos futuros.

O LinkedIn é a vitrine que mostra ao público quem você é. E nada melhor do que ser você a pessoa que escolhe o que eles vão ver nessa vitrine.

Publique seu conteúdo em vídeo

Textos são importantes, no entanto o vídeo ainda é o formato preferido das pessoas. Afinal, no entendimento geral do público, assistir a um conteúdo é muito mais divertido do que ler algo.

Ou seja, seus artigos até serão lidos. Mas se o seu conteúdo vier em forma de vídeo, ele tem bem mais chances de performar melhor na ferramenta. Além disso, vídeos tem a característica de melhorar o SEO do seu perfil.

Por isso, considere sempre gravar vídeos para publicar no seu perfil. Você pode fazer vídeos institucionais ou escolher esse formato para responder as perguntas de quem segue você por lá.

Seja criativo, pense em novas pautas e mantenha seu perfil atualizado. Do jeito que as pessoas querem!

Priorize a qualidade do que posta

Conteúdo é bom, se manter atualizado é bom. Porém, não vá pensando que lotar seu perfil de posts é o mais indicado para bombar!

Priorize qualidade à quantidade quando for postar. Essa regra de ouro vale tanto para o conteúdo que você publica quanto para as interações que você faz pela rede. Isso porque quando você posta sem planejamento e atenção no LinkedIn, acaba desperdiçando seu tempo e energia. Assim como desperdiça a atenção do seu público.

Desse modo, evite postar em grupos não-relevantes, criticar trabalhos alheios e até participar de discussões que não têm propósito prático. E mais, nunca publique seus links sem contexto. Preze pela informação completa, concisa e em linguagem cordial.

Assim, com conteúdo relevante e educação, você agrega valor ao seu perfil na rede.

Crie um calendário editorial

Quando se trabalha com conteúdo, ter planejamento é fundamental.

Você não pode simplesmente ir postando quando algo surgir, sob o risco de ter um perfil bagunçado e completamente aleatório. Para o LinkedIn, é importante traçar um objetivo do que você quer com as suas publicações.

E daí então, com esse objetivo em mente, traçar um cronograma de postagens.

É crucial encontrar uma frequência de postagem em que você consiga ser relevante estando sempre presente. Isso quer dizer que suas postagens não devem ser esporádicas a ponto de você ser visto como “sumido”. E nem devem ser tão frequentes a ponto de cansar o usuário.

Além disso, distribua os formatos. Em que dias você postará vídeos? Quais serão os horários de postagem de links? Tudo isso importa e faz diferença no resultado final!